Servidores do Câmpus Florianópolis participam de capacitação em comunicação

curso_manhaDe que forma a comunicação faz parte do seu dia a dia de trabalho? Durante esta terça-feira (5), servidores do Câmpus Florianópolis do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) foram convidados a fazer essa reflexão durante uma capacitação em comunicação promovida pela Diretoria de Comunicação do IFSC em parceria com a Assessoria de Comunicação, Marketing e Ouvidoria do câmpus. A ação faz parte do processo de implementação da Política de Comunicação do IFSC, lançada em setembro deste ano.

O curso foi ministrado para duas turmas – uma no período da manhã e outro no período da tarde – formada por servidores em cargos de direção e funções gratificadas e demais servidores que tiveram interesse em participar. Cerca de 70 professores e técnico-administrativos tiveram a oportunidade de discutir temas como públicos estratégicos, canais de relacionamento, relacionamento com a imprensa, comunicação interna, mídias sociais e eventos.

curso_abertura_comfpolisA reitora do IFSC, Maria Clara Kaschny Schneider, participou do início do curso para a turma da manhã e destacou a importância da capacitação. “A comunicação é uma das nossas fragilidades e precisamos nos capacitar para termos efetividades nas nossas ações para sermos a instituição que queremos e que a sociedade precisa”, afirmou.

O diretor-geral do Câmpus Florianópolis, Maurício Gariba Júnior, não só fez a abertura do encontro, como participou da capacitação durante toda manhã. O diretor ressaltou a necessidade do processo ser coletivo e não só dos gestores. “Precisamos ter a consciência da coletividade de que a comunicação precisa do engajamento de todos para dar certo”, afirmou.

Na prática

curso_fpolis_tardeAo final do curso, os servidores foram convidados a refletir sobre a relação dos temas discutidos nas suas práticas de trabalho. Para um grupo da turma da tarde, representado pela servidora Flora Maria de Athayde Costa, os temas são pertinentes, mas demonstram uma cultura intrínseca a ser rompida. “Temos que romper com a cultura da informalidade, do improviso, da visão individual em detrimento da visão institucional”, leu Flora em nome do grupo.

A professora do curso de Enfermagem, Juliana Monguilhott, entrou no IFSC há poucos meses e também elogiou a iniciativa. “Pra mim, tudo é muito novo, então achei bem bom participar do curso para me ambientar melhor e entender como podemos contribuir para aumentar a visibilidade do IFSC”, disse.

A diretora de comunicação do IFSC e uma das ministrantes da capacitação, Waléria Külkamp Haeming, ficou satisfeita com o resultado da capacitação no Câmpus Florianópolis. “Uma das nossas preocupações é que a política – feita com muito esforço e construção coletiva – não se torne um documento de gaveta. E os participantes nos mostraram que estão dispostos a não deixar isso acontecer, colocando em prática as diretrizes estabelecidas”, conta.

curso_polcom_fpolisNesses sentido, o grupo representado pela servidora Flora, sugeriu os seguintes mecanismos para que a Política de Comunicação seja efetiva: identificar o que não está em conformidade com o que o documento estabelece, divulgar amplamente a política e promover capacitações constantes utilizando casos de não conformidade como fator de aperfeiçoamento.

Até o final do primeiro semestre de 2014, todos os câmpus do IFSC serão visitados pela equipe da Diretoria de Comunicação para entender melhor a política de comunicação. Se você ainda não conhece o documento, ele já está disponível on-line neste ambiente virtual da Política de Comunicação. Clique aqui para consultar.

Publicado em Notícias Marcado com: ,