IFSC lança Política de Comunicação

Depois de oito meses de construção, o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) lançou, nesta sexta-feira (13), sua Política de Comunicação em solenidade realizada no auditório da Reitoria, em Florianópolis, e transmitida para todos os câmpus pela TV IFSC. O documento reúne um conjunto de princípios, diretrizes e estratégias para orientar – de maneira uniforme, profissional e sistemática – o relacionamento do Instituto com seus diversos públicos estratégicos. Cerca de 80 pessoas, entre servidores e representantes de alunos e instituições parceiras, acompanharam o evento presencialmente.

A Política de Comunicação do IFSC é formada por 15 capítulos que tratam de temas como comunicação organizacional e no ambiente educacional, públicos estratégicos, canais de relacionamento, relacionamento com a imprensa, mídias sociais, eventos, divulgação científica, campanhas de ingresso, gestão de crises, fontes, comunicação interna, gestão da comunicação e planos de comunicação. Além dos princípios e diretrizes expostos na Política, ela prevê uma série de manuais e outros documentos para orientar rotinas e práticas em comunicação.

Na solenidade de lançamento, a reitora do IFSC, Maria Clara Kaschny Schneider, destacou o trabalho inédito feito pelo instituto em assumir a comunicação como estratégica. “Nossa instituição está saindo na vanguarda e ficamos muito orgulhosos por sabermos que essa política fará diferença no relacionamento que temos e que queremos melhorar com nossos públicos”, afirmou.

Para construir o documento, o IFSC contou com o apoio do consultor Wilson da Costa Bueno, doutor em Comunicação Social e com experiência na área. O professor participou do evento de lançamento e também destacou o pioneirismo do Instituto com esse projeto. “Foi o processo mais democrático do qual participei e tenho a certeza de que a Política de Comunicação do IFSC será emblemática não apenas para os Institutos Federais, mas para todas as outras organizações públicas do País”, enfatizou.

Próximos passos

A diretora de comunicação do IFSC e presidente da Comissão da Política de Comunicação, Waléria Külkamp Haeming, ressaltou a importância deste momento para o Instituto. “Carecíamos dessa reflexão sobre o papel da comunicação para elevar o IFSC ao patamar que lhe é de direito”, disse.

Waléria destacou também que agora começa outra etapa fundamental do processo que é a implementação do documento. “Para além das diretrizes estabelecidas no documento, precisamos que os servidores compreendam e apreendam o que a Política orienta”, explicou. Para isso, a equipe da Diretoria de Comunicação irá visitar, até o final de 2014, todos os 21 câmpus do IFSC em encontros que servirão para detalhar o documento, além de auxiliar cada câmpus na construção de seus planos de comunicação.

A diretora lembrou ainda que o documento será sistemática e permanentemente avaliado de modo a incorporar mudanças que possam surgir com o tempo. Para organizar esse processo, a próprio Política prevê a constituição de uma Comissão de Gestão que irá receber as considerações e analisá-las para uma próxima edição do documento. As sugestões já podem ser enviadas para o email comissao.comunicacao@ifsc.edu.br.

Palestra da Embrapa

Para mostrar os benefícios que uma Política de Comunicação traz para uma organização, a jornalista da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Kátia Pichelli, foi convidada para ministrar uma palestra no evento. A Embrapa foi uma das primeiras empresas do Brasil a elaborar uma Política em Comunicação em 1996. Entre os resultados obtidos após a implementação, estão uma nova visão organizacional para a comunicação, cultura interna mais favorável, maior unicidade do discurso, maior presença na mídia, melhoria no relacionamento com os públicos e fortalecimento da imagem e da marca Embrapa.

“Com a Política, fomos criando ferramentas estratégicas que nos permitiram alavancar a nossa instituição por meio da comunicação”, destacou Kátia. A jornalista comprovou isso mostrando indicadores que demonstraram o crescimento que a Embrapa teve em relação à participação em eventos, palestras ministradas e citações na imprensa.

Kátia destacou ainda os motivos que levaram ao sucesso da implementação da Política de Comunicação da Embrapa, como o engajamento dos dirigentes, a participação de todos os profissionais da empresa e o investimento em recursos humanos e financeiros. “O documento em si, não fez acontecer. Ele foi o ponto de partida. A Política é documento norteador de todas as ações voltadas para o relacionamento com os públicos. Mas é preciso colocar em prática”, afirmou.

Saiba mais

A Política de Comunicação do IFSC está disponível na área de downloads. Na aba de notícias, é possível obter informações de todo o processo.

Coordenadoria de Jornalismo do IFSC

Publicado em Notícias Marcado com: